quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Lágrimas de sangue


Ainda estou preso aos seus olhos,desde quando os vi,
Ainda sinto o calor dos seus braços,aquecendo meu coração,
Ainda sinto teu cheiro,ainda ouço tua voz,
Ainda sinto tua mão,ainda sinto você...

Nos meus sonhos sei que posso te encontrar,
A minha alma vaga alucinadamente a te procurar,
O meu coração segue solitário,angustiado,
Minha vida segue um caminho confuso,em busca de você...

Minhas lágrimas são de sangue,minhas cicatrizes são eternas,
Sofro e choro na esperança de poder te abraçar novamente,
Espero ansiosamente um dia tocar em seus lábios,e..
Me perder na doçura dos seus lindos olhos verdes...

Me apego à um futuro incerto,às ilusões,
Tento acreditar em nós dois,em meus sonhos,
Vivo todos os dias grudado em suas fotos,em minhas lembranças,
E choro...choro...mas são apenas lágrimas,lágrimas de sangue...

Nenhum comentário:

Postar um comentário